Culto Gauchesco 2017
20 de setembro de 2017
Diaconia visita Hospital Vila Nova
21 de setembro de 2017
Para: Quinta-feira, 21 de setembro de 2017

Texto: Salmo 54

“Eu sei que é o Senhor Deus quem me ajuda, sei que é ele quem me defende.” (Sl 54.4)

Algumas pessoas são lembradas por frases que foram ditas ou escritas. Você lembra de alguma que marcou sua vida? Algumas pessoas gostam tanto de um texto que o deixam gravado em um quadro, livro e, às vezes, até na lápide do túmulo.

Pensemos juntos no Salmo 54, escrito por Davi num momento da sua vida em que estava empreendendo uma fuga do rei Saul. Incrivelmente, numa hora tão difícil, Davi faz suas reflexões e nos deixa algo para pensarmos. Ele diz: “Eu sei que é o Senhor Deus quem me ajuda, sei que é ele quem me defende” (Sl 54.4). E, logo adiante, acrescenta: “Tu me livraste de todas as minhas aflições” (Sl 54.7).

Poderíamos pensar nesses dois versículos como afirmações de fé para deixarmos gravadas em algum lugar. Talvez poderíamos fazer propaganda diária nas redes sociais sobre a certeza de que “é o Senhor Deus quem me ajuda”. Já pensou quantas pessoas também teriam a chance de ter essa certeza?

O nosso Deus, que nos deu de presente a vida, a morte e a ressurreição do seu Filho Jesus em nosso lugar, nos dá motivos para agradecer, celebrar e testemunhar: “Eu sei que é o Senhor Deus quem me ajuda”. Ele me ajudou dando-me um Salvador para que os meus muitos pecados fossem perdoados.

E quando chegar a hora de nos despedirmos desta vida, poderíamos pedir que gravassem na lápide do nosso túmulo: “Tu me livraste de todas as minhas aflições”. E esse livramento aconteceu por causa de Cristo, que, com sua morte e ressurreição, nos deu o consolo e a certeza da ajuda diária e da libertação final das aflições que fazem parte dos nossos dias.

Oremos: Amado Deus, fizeste tudo por nós em Cristo. Queremos compartilhar isso, e mesmo que não consigamos fazer tudo pelos outros, em resposta ao teu amor queremos fazer algo. Em nome de Jesus. Amém.