Concerto de Natal 2017
15 de dezembro de 2017
Terror e Paz
19 de dezembro de 2017
 Para: Segunda-feira, 18 de dezembro de 2017

Texto: Hebreus 10.5-10

“E, porque Jesus Cristo fez o que Deus quis, nós somos purificados do pecado pela oferta que ele fez, uma vez por todas, do seu próprio corpo.” (Hb 10.10)

Diante de decisões difíceis, nos perguntamos qual seria a vontade de Deus. Quando enfrentamos o luto ou uma decepção, nos perguntamos se Deus quis dizer alguma coisa com o sofrimento. Não, nem sempre é fácil saber, no dia a dia, qual é, foi ou será a vontade de Deus. Sabemos, com certeza, que ele quer que andemos segundo seus caminhos, seus mandamentos, amando-o e amando às pessoas. Mas, ainda imperfeitos, colhemos dúvidas sobre a intenção de Deus em nosso cotidiano. Como viver, mesmo com tantas dúvidas, em paz com Deus?

O autor da carta para os Hebreus nos auxilia com a certeza que faz toda a diferença. Citando o profeta Isaías no capítulo 10, ele relembra os sacrifícios de animais e ofertas que o povo de Israel foi ordenado a fazer para ter o perdão dos pecados. Aqueles sacrifícios eram apenas uma sombra, apenas indicavam um outro sacrifício, uma oferta perfeita: o sacrifício de Jesus por nós. Os sacrifícios no passado, o derramamento do sangue de animais, indicavam a vontade, o plano de Deus para nos santificar, purificar, tirar de nós o que nos afastava de Deus, com o derramamento do sangue do único perfeito: Jesus. “E, porque Jesus Cristo fez o que Deus quis, nós somos purificados do pecado pela oferta que ele fez, uma vez por todas, do seu próprio corpo” (Hb 10.10).

Ainda vamos ter muitas dúvidas sobre pequenas e grandes decisões e fatos na vida. Vamos continuar, até Jesus voltar, nos perguntando sobre o porquê de muitas coisas. Com o Natal se aproximando, novamente descansaremos na certeza que traz paz e nos dará alegria mesmo em meio a dúvidas: Deus quer nos salvar. Sim, sem dúvidas. E Jesus fez o que Deus quis para isso ser possível. Não, não há dúvidas da vontade amorosa de Deus: ele quer nos salvar.

Oremos: Salvador Jesus, obrigado por fazeres a vontade do Pai, por amor a nós. Amém.